jusbrasil.com.br
27 de Abril de 2017
    Adicione tópicos

    Projeto Juventude Cidadã inicia serviço voluntário

    Governo do Estado do Amapá
    há 9 anos

    Cerca de duzentos alunos do Projeto Juventude Cidadã de Macapá estiveram reunidos na última quinta-feira, 24, no auditório do Serviço Social da Indústria (Sesi-AP). O encontro – organizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Amapá (Senai-AP) e pela equipe técnica da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) – deu início à etapa de serviço voluntário. Prevista na grade do projeto, esta fase totaliza 125 horas, divididas em atividades teóricas e ações voluntárias, e é obrigatória para a concessão da bolsa auxílio.

    No sábado, 26, os jovens das executoras Senac e Sest/Senat participaram de sua primeira atividade. Eles ofereceram serviços e atividades gratuitas – como corte de cabelo, aferição da pressão arterial, atendimento odontológico, torneios esportivos e atividades recreativas para crianças – aos moradores dos bairros do Cabralzinho, Marabaixo I, II e III e do entorno das estruturas do Sest/Senat. Os alunos aproveitaram também para passar orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis, métodos contraceptivos, corpo humano, doação de sangue, prevenção à dengue, entre outros temas.

    A Sete realizou uma palestra sobre a inserção dos jovens no mercado de trabalho e os benefícios do Programa Primeiro Emprego Estadual e outra sobre o Fundo de Apoio ao Microempreendedor e ao Desenvolvimento do Artesanato do Amapá (Fundmicro).

    O Projeto Juventude Cidadã é fruto da parceria entre os governos Federal e Estadual. Dois mil jovens dos dezesseis municípios do Estado participam desde junho do projeto, que oferece cursos com até cinco meses de duração. Como as turmas de Macapá, os alunos dos outros municípios também realizarão atividades voluntárias, de acordo com conteúdo programático do projeto.

    Participam do Juventude Cidadã jovens entre 16 e 24 anos em situação de vulnerabilidade social, sem registro de carteira de trabalho e com renda per capita de até meio salário mínimo. O beneficiado recebe auxílio-financeiro de R$600 – divididos em 5 parcelas de R$ 120,00 –, vale-transporte, material didático e uniforme.

    O projeto oferece acesso à qualificação, elevação da escolaridade, valorização da cidadania e convívio social por meio da prestação de serviço voluntário à comunidade e da oportunidade da inserção no mercado do trabalho.

    Ariele Martins

    Ascom/SETE

    Disponível em: http://gov-ap.jusbrasil.com.br/noticias/123229/projeto-juventude-cidada-inicia-servico-voluntario

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)